O Enforcado

por | mar 22, 2022

Um dos fortes significados do Enforcado é a elevação espiritual.  Mas o desenvolvimento espiritual exige alguns elementos fortemente presentes aqui: dedicação, renúncia, nova forma de visão, sacrifício, paciência, capacidade de suspender temporariamente a vida, afastamento de algumas questões e situações práticas e uma sensibilidade extremada.

No plano terreno sua manifestação pode ser voluntária naqueles trabalhos que fazemos ou dedicação que colocamos em coisas que nos exigem renunciar a outras mas nos fazem um enorme bem. Ou mesmo aquela torção no pé que faz a gente ter que suspender todas as reuniões agendadas, ou nos impedir de fazer aquela viagem marcada há mais de um ano.

Mas essa parada ou atraso que o Pendurado apresenta pode ser aproveitada para que se possa rever e repensar a situação em que nos encontramos ou a atitude que estamos prestes a tomar. Reavaliar todos seus aspectos e perceber o que deve ser mudado e no que, ou em quem devemos investir nossas energias.

Esta carta está associada à Água e ao planeta Netuno trazendo a necessidade de experiência e percepção espiritual.

As palavras-chave associadas ao Enforcado são:

  • Intuição
  • Regeneração
  • Sacrifício
  • Olhar a Vida de Outro Ângulo
  • Tédio
  • Atraso
  • Acontecimentos demorados.
  • Interrupção e/ou Impossibilidade de Ação

Mais dessa categoria

10 fatos fascinantes sobre o Tarô

10 fatos fascinantes sobre o Tarô

Neste texto, selecionamos 10 fatos fascinantes sobre o Tarô que podem mudar a forma como você percebe o Tarô! 1. O Tarot não foi concebido originalmente como uma ferramenta de adivinhação, originou-se como um jogo de cartas de jogar chamado Tarocchi e remonta ao...

ler mais
Pílulas do Tarô – A casa 6

Pílulas do Tarô – A casa 6

Eeste é mais um vídeo publicado em meu canal do YouTube, das pílulas do taro, para tirar as dúvidas dos alunos do meu curso de taro: A Vida Pelo Tarô. Inscreva-se no meu canal do YouTube para garantir sua participação, e marque o sininho para ser notificada sempre que...

ler mais

0 Comments

0 comentários